A MINHA CASA NO OCIDENTE ESTÁ A SER SAQUEADA
O ORIENTE E O OCIDENTE SERÃO UM SÓ REINO

24 de Outubro de 1994 


Vassula do Meu Sagrado Coração 1 , gostarias mais que Eu te chamasse "Vassula do Pantocrator"? Tu estás consagrada ao Meu Nome. Eu sou Um 2 e O Mesmo, mas os homens dividiram-Me em partes. Aquele que semeia a divisão colhe destruição. O que semeia o preconceito colhe loucura. Não ouviste dizer que o louco cruza os braços e destrói a sua própria carne? Toda a carne que os cobria desapareceu, como também a sua respiração; nada ficou deles, a não ser ossos ressequidos. 

Os Meus Nomes são Santos
 3 , mas os homens trataram-Me com um ar de superioridade e expulsaram-Me da Minha própria Casa, da Minha própria Cidade e, agora, do Meu próprio Santuário 4 : estão a oprimir-Me e a carregar-Me pesadamente. Inchados de orgulho, sentem-se contentes por viverem numa terra deserta. Mas Eu estou decidido, nestes dias que se aproximam, a revelar a Santidade do Meu Nome Grandioso, que é profanado, por causa da vossa divisão. 

Eu digo-te, filha: Vês
 5 como os do teu Povo estão a viver despreocupados e numa terrível apatia, quando se trata de trabalhar pela União? Eu não permitirei mais isto. Vou estender a Minha Mão, mesmo até às partes mais remotas da tua Nação e derrubarei esses vendilhões 6 que impedem o Meu Povo de se unir. Eu elevei-te para seres um sinal de União, um sinal da Minha Misericórdia, um sinal do Meu Poder; mas as paixões do seu ostensivo orgulho fizeram-nos cegos. Hoje, Eu posso dizer: "Deixai que os seus ossos se consumam e ficarei vingado". Eu Mesmo posso enviuvar a tua Nação; mas, na Minha Misericórdia, e por força do Meu Amor, Eu erguerei do Leste pelo menos um que dirá ao seu irmão 7 "Vem e caminha na minha terra, vem e come à minha mesa, vem e bebe comigo; os meus odres estão a transbordar de vinho novo; vamos, juntos, apascentar os nossos cordeiros e fazer um Éden, das nossas pastagens. "Nosso Deus! Vede o que as nossas mãos fizeram do Vosso Santuário!". 

A Minha Casa, no Ocidente, está a ser saqueada. Eu pedi-lhes que se unissem sob a direcção de Pedro
 8 , mas eles não compreenderam e estão a fazer justamente o contrário. Muitos, dos de dentro daquela Casa, estão a dizer: "Porque é que nós temos de ter um guia 9 , e especialmente este guia?". Eu avisei-vos de que cardeais se revoltariam contra cardeais, bispos contra bispos e sacerdotes contra sacerdotes. Eu Próprio escolhi Pedro, para alimentar e guardar os Meus cordeiros; mas o espírito de Rebelião, agora bem próspero, atingiu o máximo de rebelião. Esta era a grande tribulação de que Eu Mesmo vos tinha avisado 10 

A Minha Casa, no Ocidente, está a ser saqueada; mas o vento do Leste erguer-se-á e, juntamente com o Meu Sopro, destruirá o saqueador. Muitos membros da tua Nação contestam o Meu apelo à União e habituaram os seus passos a caminhar à sua maneira. A si mesmos se chamam ricos; mas, afinal, onde estão as suas riquezas? Como é que vos tornastes vinha degenerada? Podereis dizer que não pecastes? Acaso existe algum lugar, onde não tivésseis pecado? Tu, o amigo dos Meus Santos, o filho da Minha própria Mãe! Porquê? Por que razão te tornaste tão obstinado? Que significam, para Mim, as tuas infindáveis cerimónias, quando a verdade é que tu Me louvas apenas com os lábios? Sim, tu conservaste as Minhas Tradições e esta é a razão pela qual a Minha Espada não virá sobre ti; mas, apesar disso, tu pões de lado os Meus dois maiores Mandamentos e não os segues. Por que razão separas tu a Tradição dos Mandamentos? 
11 Mesmo que te cubras a ti próprio com mirra e incenso, Eu, ainda assim, detectarei a mancha da tua culpa. Abre a tua boca, agora, e deixa-Me alimentar-te, para que possas comer avidamente a Vida. Não digas: "Nós iremos pelo nosso próprio caminho". Volta a Mim e reconhece a tua culpa! 

E tu, filha, grita em alta voz a Minha Mensagem e profetiza; diz: Eu conheço tudo sobre a Minha Casa da margem ocidental, junto ao Rio da Vida e sei também quem, nesta Casa, Me permanece fiel. Filha, o que é que tu vês fora desta Casa? 

- Eu vejo um leão, rondando essa casa, ansioso por entrar na Vossa Casa, por uma janela lateral. 

Sim, o leão deixou o seu covil. Filha, um espírito destruidor está pairando. Anjo após Anjo seguem para avisar-vos a todos e dizer-vos que a Minha Cidade, na margem ocidental, será violentada pelo saqueador (e com que violência!...), para se opor, para contradizer a Minha Lei, as Minhas Tradições e a Minha Divindade. O País inteiro tornar-se-á um horror. Os vossos Santos, os Meus Mensageiros e os Meus Profetas serão impedidos de continuar o seu trabalho... e, sobre vós, cairá uma profunda escuridão, enquanto o inimigo, que é um erudito, estiver a banir o Meu Sacrifício Perpétuo, pensando que os seus actos continuam a ser despercebidos, com os seus secretos pecados. 

A Minha Mão cairá sobre ele repentinamente, destruindo-o por completo. Essa noite foi profetizada nas Sagradas Escrituras; mas ele, juntamente com outros, pôs o seu juramento na boca da Besta, com entusiasmo, honrando unicamente a Besta, por lhes ter dado o seu poder. Ai dos adoradores da Besta! Eles hão-de gemer e lamentar-se. 

- Eu não vejo nenhuma cidade, e a terra é arenosa e plana como num deserto; mas vejo também um rebento verde, brotando desse deserto. 

- Escuta e escreve: "A Glória brilhará da margem do Leste. É por isso que Eu digo à Casa do Ocidente: Virai os vossos olhos para o Leste. Não choreis amargamente sobre a apostasia e a destruição da vossa casa. Não entreis em pânico, porque amanhã comereis e bebereis, juntos, com o Meu rebento da margem Leste: o Meu Espírito unir-vos- á. Não ouvistes que o Oriente (Leste) e o Ocidente serão um só Reino? Não ouvistes que Eu Mesmo lhes estabeleci uma data?"
 12 . 

Vou estender a Minha Mão e gravar num bastão as palavras: margem ocidental, casa de Pedro e de todos aqueles que lhe são fiéis. Depois, num outro bastão, gravarei: margem oriental (Leste), casa de Paulo e de todos os que lhe são fiéis; e, quando os membros das duas casas disserem: "Senhor, dizei-nos o que desejais, agora", Eu Próprio lhes direi: Tomarei o bastão em que gravei o nome de Paulo, juntamente com todos os que lhe são fiéis e colocarei o bastão de Pedro, com todos os que lhe são fiéis e uni-los-ei. Dos dois, Eu Mesmo farei um só bastão e segurá-los-ei num só. Eu juntá-los-ei com o Meu Novo Nome. Esta será a ponte entre o Ocidente e o Leste. O Meu Nome Santo unirá a ponte. Então, vós mesmos fareis permuta daquilo que possuís, através desta ponte. Eles não mais agirão sós, mas juntos; e Eu reinarei sobre todos eles. 

Aquilo que Eu planejei acontecerá e os homens, filha, dir-te-ão que estes sinais não vêm de Mim; diz-lhes: "Não tenhais medo. Não ouvistes dizer que Ele é o Santuário e também a pedra de escândalo (a pedra angular)? O Rochedo que pode deitar abaixo as duas Casas, mas volta a erguê-las como uma só Casa?". É isto que tu lhes dirás, filha. Eu, Deus, estou contigo. Eu inundarei, com o Meu Espírito, muitos mais corações. Vem, Eu amo-te. Recebe a Minha Paz. 

 



Eis a minha visão: 

 


Este icon, de 40 cm por 70 cm representa, à esquerda (Ocidente), São Pedro e, à direita (Leste), São Paulo. Juntos, como dois pilares, sustentam a única Igreja que contém a Sagrada Eucaristia, Carne e Sangue de Cristo, o Sumo Sacerdote, que está sentado no trono, por cima deles. Os próprios Pedro e Paulo formam a ponte da profecia. Entre eles, corre o Rio, o Espírito Santo 


1 pensei que, chamando-me deste modo, os Ortodoxos continuariam a opor-se a mim, por causa da terminologia católica romana
2 é o mesmo Cristo
3 os diferentes nomes de Cristo, por exemplo: Pantocrator, Divino Coração, Ictus, Alfa e Omega, Emmanuel, etc...
4 não só Cristo é expulso de Sua própria Casa, por causa de uma questão de terminologia, mas, no Ocidente, alguns começaram a abolir o Sacrifício Perpétuo
5 em muitos encontros ecuménicos, os Ortodoxos, convidados, têm estado ausentes
6 neste contexto, "vendilhões" designam os que preferem os seus interesses aos de Cristo
7 o irmão do Ocidente
8 Mensagem de 3 de Junho de 1988
9 referência à Mensagem de 16 de Maio de 1988
10 cf. Mt 24,21 - Referência à Mensagem de 16 de Maio de 1988
11 o que significa que se deve dar tanta atenção a estes dois grandes Mandamentos como à Tradição
12 compreendi que Cristo Se refere a todas as Suas Mensagens sobre a União, que nos convidam todas a unificar as datas da Páscoa. À falta de melhor, isso viria a saciar a Sua Sede de União. Cristo prometeu que, se uníssemos as datas da Páscoa, Ele faria o resto

  

http://www.tlig.org/pgmsg/pgm885.html

 

 

INÍCIO ÍNDICE PESQUISA

VITORIOSO CORAÇÃO VIRGINAL DE MARIA, TENDE PIEDADE 
DOS VOSSOS FILHOS

4 de Abril de 1997 

 


- Flor-do-Meu-Coração, escuta as Minhas palavras. Eu Mesmo te o pergunto: crês naquilo que está escrito nas Escrituras? 

- Mas, Senhor! Certamente! 

- Acreditas que Deus possa falar ao homem? 

- Vós tendes-me feito prosperar, falando-me; como poderei eu não acreditar que me falais? 

- Hoje, muitos dos Meus, na Minha Própria Casa, levantam a espada contra Mim... Inchados de orgulho, dizem: "NÓS somos deuses"
. Pretendem ser de tal modo maiores que aquilo que os homens chamam "deus", de tal modo maiores que tudo o que é venerado, que se entronizam a si mesmos no Meu Santuário e julgam que são Deus. Cada palavra proclamada por Mim é rejeitada por esses mesmos, mas o grande fogo está agora prestes a devorá-los... pretendem que se apoderaram do mistério de Mim Mesmo. 

Há um Mediador 
1 para lembrar ao homem onde está a sua missão, para Se compadecer dele; Ele Mesmo reza no lugar do homem, para que seja restaurado e poupado ao abismo. Tudo isso o faço Eu muitas e muitas vezes pelo homem, libertando-lhe a alma dos fogos eternos e deixando brilhar nele a luz da vida... 

Para esconder os seus planos, essa gente - que Me eleva diariamente - conspira na escuridão para revirar a cadeira de Pedro e fazer calar o Vigário da Minha Igreja e todos aqueles a quem Eu revelei os seus planos e expus a sua apostasia. Conspiram na escuridão para Me fazer calar, dizendo: "Quem nos poderá ver? Quem nos poderá reconhecer?"
 Mas os humildes rejubilam, sempre, que ouvem e reconhecem a Minha Voz; os mais pobres exultam na Minha Presença. 

Os Sacrifícios que eles 
2 Me fazem são agora um escárnio. Com efeito, passaram a ser o próprio Objecto da Vergonha, nas Minhas Cortes. Esses malfeitores, na Minha Casa, imaginam como fazer calar a Minha Voz. Vão tentar impor uma ordem sobre todos vós, condenar as magníficas obras de Sabedoria; uma vez que esta 3 Obra de Sabedoria se elevou tão alto, como luminosa bandeira, e expõe a sua própria iniquidade, ela passou a ser o seu primeiro alvo. A Minha mais bela herança tornou-se como uma mulher que atraiçoa o seu amante... 

E a ti, a quem Eu Mesmo abri os ouvidos para que Me ouças e sejas Minha aluna, Eu te digo: Não tenhas medo. 

Aspira a Mim
 como nunca, a fim de que isso mesmo passe a ser a tua suave intoxicação, pois isso será mais doce do que o vinho. 

Segue-Me
, para que, no fim, encontres o Conhecimento de Deus e Sua Sabedoria. 

Deseja-Me,
 de todo o coração, justamente como um orfão deseja os seus pais; deseja-Me de todo o teu coração. 

Deleita-Me
, na Nossa Presença Trina, mais que em qualquer outra coisa, tanto na terra como no céu; que a tua alegria consista em estar junto de Nós que te esposámos na Nossa Santidade, para Nossa Glória, mas também para tua santificação. 

- Meu Deus, meu Deus, 
agora, é tempo de agir, 
porque a Vossa Lei é violada, 
e o mal ganha, em poder, na Vossa Casa; 
julgo que a Abominação se propaga; 
precisamente como rios 
que submergem os seus leitos, 
eles submergem-nos; 
Deus Trino e Garante do nosso bem-estar, 
vinde em nosso auxílio! 

- Cumprirei a Minha Promessa e a vossa aflição e angústia terminarão. Por isso, diz a Meus filhos e filhas que a Minha Voz depressa irá troar do alto e que as fundações das montanhas tremerão. 

Agora, esses vendilhões, na Minha Igreja, cercam de perto aquele que Eu coloquei na Cadeira de Pedro e não pensam senão em vê-la revirada. Parecem-se com um leão, impaciente por desfazer em pedaços, como jovem leão escondido na sua caverna. Eu observo esses mesmos que querem fazer calar a Minha Voz
 4, cada um dos seus movimentos, e a vista dos seus movimentos desgosta-Me. Observo o Meu fiel servidor 5 enquanto os seus lábios murmuram sem cessar bençãos para os seus perseguidores. Eu ouço a sua voz, enquanto ele é atingido pelas costas: 

6 "Pelo Vosso amor, meu Redentor, 
ouvi a minha súplica; 
os meus cruéis perseguidores 
aproximam-se; 
como estão longe da Vossa Lei! 
Eis-me, erguido antes da aurora 
a fim de apelar 
para o Vosso auxílio: 
Salve Regina... 
7 
vinde em nosso auxílio... 
miserere... 
vinde em nosso auxílio, ó Deus! 
Guarda da Alma, 
vinde em nosso auxílio; 
Mãe de Deus! 
Esposa do Espírito Santo! 
Possa o meu grito atingir a Vossa Presença 
e tocar o Vosso Coração materno; 
Ó Puríssima, com assento junto do Pai, 
do Filho e do Espírito Santo, 
Celeste Trono de Deus, 
adoptai a minha causa 
e levai-nos a uma paz universal... 
Tende piedade de nós... 
tende piedade dos Vossos filhos... 
eu abro a boca, arquejando, com esperança, 
enquanto Vós desdobrais o Vosso manto, 
estendendo-o sobre os que sofrem, 
sobre os miseráveis, 
sobre os pobres e abandonados; 
para proteger-nos, 
dais-nos raios 
de Luz e de Esperança 
e a minha aflição diminuiu. 
Como criancinha junto de sua mãe, 
sinto-me seguro; 
como criancinha junto de sua mãe, 
sinto-me refugiado 
e ponho a minha esperança em Vós, 
Celeste Trono da Santíssima Trindade.  
Medianeira de todas as graças, 
salvai-nos das tempestuosas ondas do pecado, 
multiplicai as Vossas graças 
e virai os corações dos pais para os seus filhos 
e os corações dos filhos para os seus pais. 
Ó Mãe do Divino Amor, 
peço ao Vosso Coração Real, 
sempre cheio de benevolência
 8 e de bondade, 
que me chame de novo à memória do Pai. 
Não conto com crédito algum da minha parte 
pois fostes Vós, minha Garante, 
que na Vossa Ternura amorosa, 
salvastes a minha vida, nesse dia 
9 
a fim de que apascente 
as ovelhas que me foram confiadas. 
Vitorioso Coração Virginal de Maria, 
tende piedade dos Vossos filhos 
e abri o Pórtico do Vosso Coração aos exilados, 
difundindo a Vossa Luz sobre todos nós. 
Mãe dos discípulos, Mãe do Triunfo, 
Mãe da Redenção sem igual, 
Mãe dos profetas e dos carismas, 
Mãe da Verdadeira Vinha, 
possam as minhas súplicas 
atingir o Vosso Coração Materno. 
Pelo Vosso Amor, ouvi o meu clamor... 
Meu Deus, Guarda das almas, 
ponho a minha esperança em Vós... 
Ó Deus, como amo a Vossa Lei! 
Amen". 

Então, quebrai o Vosso silêncio, Senhor, 
virai o Vosso ouvido para as suas orações 
e escutai o que ele diz. 
Enviai-nos do alto essa Água Viva, 
para nos limpar, purificando-nos. 

- A aurora vai vir, depois dessa noite sem fim, Vassula, Minha amiga, e a Glória de Nossa Santidade Trinitária brilhará. 

(É agora a Nossa Mãe que fala): 

... e Eu, vossa Santa Mãe, Eu te saúdo, Vassula; sim, os Nossos Corações 
10elevar-se-ão como a aurora para iluminar a terra, nessa sua presente escuridão. Os Nossos Corações, no Seu triunfo, brilharão sobre a humanidade, mais brilhantes em esplendor que todas as constelações reunidas, mais resplandecentes que mil sóis, e as gentes que, desde há anos até agora, tinham caminhado nas trevas, verão vir dos céus uma grande luz. Sobre os que viviam no país da sombra, uma luz vai brilhar 11 

Muitos de vós, filhinhos, esperais sinais exteriores e prodígios e milagres exteriores. Muitos de vós virais o vosso olhar para o alto, perscrutando os céus e, no entanto, o Meu Filho Jesus recomendou-vos que não procurásseis sinais exteriores, mas que procurásseis no interior de cada um de vós o que é real e divino.  Muitos de vós ledes e reledes esta revelação profética com os olhos, mas nunca vedes porque, sempre que ledes, ledes apenas com o interesse de encontrar sinais extraordinários ou indicações sobre prodígios e milagres, em lugar de invocardes o Espírito Santo, para que Ele Mesmo vos dote com um espírito de discernimento e de percepção, que vos faça, de preferência, penetrar no mistério de Cristo e no mistério da Sua Ressurreição, e assim permita à vossa alma progredir espiritualmente, para alcançardes a terra prometida... 

Se assim se continua a dispor o espírito e o coração, Meus pobres filhos, no dia em que ireis estar face a face com o vosso Criador, estareis aos pés do Seu Trono de mãos vazias, porque a vossa alma será ainda uma greta, uma terra ressequida, um deserto. Mas se penetrais com o coração recto, nos Mistérios que Nós Mesmos vos revelamos, agora, nestas Mensagens, então começareis a compreender que cada obra que Deus faz é cheia de glória e de majestade: quando, com a Sua Majestade, Ele orna uma alma e transforma essa mesma alma, para que entre no Seu Reino e no Céu, então, comemorareis essa
maravilha, porque vós próprios vereis a Sua Glória. 

Sempre que Deus fornece o Seu Alimento Celeste aos famintos e aos que O temem, a fim de que também eles possam herdar e assim passem a ser herdeiros do Seu Reino e sejam adornados de fidelidade e de integridade, também vós comemorareis esse
 prodígio, porque reconhecereis a Sua Benção e ireis trazer ao redor do pescoço essa Benção como se traz uma grinalda. 

Quando as Suas Obras de sabedoria, que são como um mar infinito, a brilhar como mil sóis, vos iluminarem radiosamente a alma, a fim de que aumente o fruto dos vossos lábios e cada palavra por eles pronunciada seja como um fogo devorador que purifique esta terra, nesse dia, nessa noite, não mais deixareis de cantar hinos ao Amen pela Sua generosa bondade, pela paciência e tolerância que Ele Mesmo teve convosco, em todos esses vossos anos de deserto; a vossa alma comemorará estes prodígios, milagres e sinais, em todos os dias da vossa vida. 

Eis porque, Meus filhos, na vossa conversão, descobrireis a real
 glória de Deus que reside e brilha em vós. Tirai o véu dos vossos próprios olhos, para que vejam que o vosso Criador vive também em vós, Ele que vos abraça com o Seu Amor. O vosso Criador é também vosso Esposo 12 , porque é a Cabeça 13 de cada criatura... 

Rezai, Meus filhos, por aqueles cujos corações estão longe de Deus. Muitos deles dizem: "comamos e bebamos, hoje; amanhã estaremos mortos
 14 ; vinde, façamos festa, agora, enquanto vivemos; a nossa vida passará como um floco de nuvem; sim, que os nossos dias, aqui, estão contados e passarão como uma sombra; por conseguinte, façamos festa!"; e continuam a aviltar-se e a aviltar a Imagem de Deus, mergulhando cada vez mais profundamente no pecado, sem a consciência de que estão mais mortos que vivos... Ah! Tantos deles perderam-se pela sua própria presunção, e opiniões perversas acabaram por lhes deformar as ideias... 

Meu Filho Jesus Cristo, Redentor da humanidade, tem o poder de salvar cada um deles, porque o Próprio Pai, vosso Criador, Lhe deu o poder sobre toda a humanidade. Hoje, realiza sinais e maravilhas como em nenhum outro tempo da história. Deus inclina-Se até vós, do Céu, Meus filhos. O vosso Rei, Jesus, pôs de lado a Sua Coroa e desceu do Seu Glorioso Trono para chegar até vós. Este Rei, que estava sentado no Seu Trono Real, revestido de um tremendo esplendor, mais brilhante na Sua Glória que o ouro e as pedras preciosas, ergueu a Sua Face, cheia de benevolência e, a resplandecer de majestade, contemplou a multidão dos anjos que O rodeiam; olhou para os Seus Santos e para toda a Corte Celeste e disse, com o Seu Coração inflamado de amor: 

"Decidi-Me a abrir as Minhas Reservas 
15 Celestes e a derramar sobre esta geração temerária o Meu maná escondido 16 , um tesouro reservado para estes tempos em que o mundo arrefeceria e, na sua frieza de coração, se afastaria do amor de Deus 17 . Saiba-se que os ímpios serão alimentados com estas reservas. Irei, pois, Eu Mesmo ao seu encontro, com palavras reconfortantes e cuidarei dos miseráveis. Mostrarei à Miséria o Meu grande Amor, e curarei as suas chagas 18 . Eu Mesmo lhes falarei e lhes direi que sou seu irmão e seu amigo Divino que pode reconduzi-los à sua divindade. Na amargura da sua escravidão, um após outro, interrogar-se-ão: "Como terei eu chegado a ser tido como um dos filhos do Altíssimo, eu que sou o verme dos vermes, verme entre os vermes? Como é possível que tivesse o Deus Gloriosíssimo olhado para mim por duas vezes seguidas e me tivesse marcado um lugar entre os Seus Santos? Como poderá esse glorioso Sol erguer-Se e brilhar sobre nós do mesmo modo?" ". 

Não, verme, não; tu não morrerás; o teu Rei não te deixará morrer; com as Minhas próprias Mãos, Eu te salvarei, pequeno verme, e virei em teu auxílio, a fim de que também tu consigas ser capaz de aparecer um dia nas Minhas Cortes.  Eu Mesmo transformarei a vossa baixeza num festival, porque agora, o vosso Rei está próximo de vós 
19 e, de um festival, Eu vos transformarei num paraíso, num céu glorioso, a fim de que Eu, na Minha Magnificência, possa ser louvado e glorificado. E neste mesmo céu, a partir de então, vós próprios Me invocareis e procurareis as Minhas Vias, a fim de que possais viver. O Meu Sopro Omnipotente exalará sobre vós o Meu perfume. Ninguém conhece todas as maravilhas que estão no interior do Céu, e como Eu posso fazer conhecer a Minha Vontade, na terra, tal como ela o é no Céu.  Para te elevar, verme, sejas tu importante ou ordinário, rico ou pobre, abrirei os Meus Lábios e, da Minha Boca, derramarei sobre ti, verme, a Minha delicada unção 20 , ungindo cada um de vós. 

Sim, Eu virei libertá-los; para os encorajar, mostrar-lhes-ei as Minhas obras maravilhosas, lembrando-lhes a sua herança, oferecendo-lhes o Meu Reino... Na Minha Infinita Clemência, inclinar-Me-ei do Céu e, com o Meu ceptro de ouro, erguê-los-ei, uma vez nascidos, para Me seguirem as pegadas. Muitos irão considerar a Minha escolha, sem compreender; e tanto essa graça como essa misericórdia poderão também ser dadas àqueles que, outrora, tinham deixado de existir. 

"Eu vou descer até eles e ir bem longe, até às regiões mais longínquas, e misturar-Me-ei com eles. E eles louvarão o Meu amor mais que o vinho, dizendo-Me: "Como é justo amar-Vos, Soberano do Universo!" ". 

21 Então, cheio de benevolência, ergueu a Sua Mão direita e abençoou a terra. 

E tu, Minha filha, faz o que Deus te mandou fazer. Vês como os teus olhos são muito mais brilhantes, agora que comeste esta pequena porção de mel 
22 ? Enche a tua boca de óleo 23 e vai com as Minhas bençãos. Eu estou contigo.  




1 penso que Deus fala do Seu Espírito Santo
2 Deus fala de novo dos apóstatas
3 as Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus
4 os que querem banir para sempre as locuções, chamando-as simples "meditações".
5 o Papa
6 De repente, o Senhor fez-me ouvir diferentes orações do Papa
7 os pontos representam pausas, tempos de silêncio
8 em inglês: graciousness
9 no atentado contra a vida do Papa, em 13 de Maio de 1981, em Roma
10 os Corações de Jesus e Maria
11 Is 9, 1
12 Is 54,5
13 Rm 7,4; para compreender esta passagem, ler 1 Cor 11,3
14 Is 22, 13
15 ao mesmo tempo, ouvi "ressources"
16 cf. Ap 2,17. Quando foram pronunciadas estas palavras "maná escondido", compreendi também: os tesouros escondidos do Sagrado Coração que Ele Mesmo permitiu que Santa Gertrudes percebesse, tesouros sobre os quais lhe foi dito que estão guardados para estes tempos em que as gentes iriam arrefecer no seu amor a Deus, tempos em que Jesus revelaria os Seus Tesouros. Esses tempos são agora mesmo
17 isto vem confirmar o que eu tinha compreendido
18 chagas do pecado, na sua alma
19 isto lembra-me as primeiras palavras que o meu Anjo Daniel, pronunciou a propósito de Deus. Em 1985, ele disse-me: "Deus está junto de ti e Ele ama-te". Isto significava que era o princípio da minha conversão que viria pela Sua Graça
20 Ct 1,3: "O teu nome é como um perfume derramado: por isso te amam as donzelas". Jesus entende com isto: derramando a Sua unção sobre os pecadores, eles serão curados; por outros termos, a unção representa o Seu Nome; e uma vez que o Seu Nome vem ao encontro dos pecadores, isso condu-los a amar a Deus
21 Neste momento, é Nossa Senhora que prossegue
22 Nossa Senhora entende com isto: o Maná Celeste, que aqui representa a Palavra de Deus
23 o óleo (perfume) representa, aqui, o Nome de Deus: "O Teu Nome é como um perfume derramado" (Ct 1,3)