Atenção: este é um blog pessoal e não oficial de testemunho e portanto todos os comentários e reflexões que não forem atribuídos a outras fontes, são somente opiniões pessoais e não podem traduzir a postura da pessoa, grupo, instituição, etc, aqui mencionados e promovidos. Com Imprimatur e Nihil Obstat dedes 2005, a obra mística divina “A Verdadeira Vida em Deus” tem todas as mensagens, livros, documentos, testemunhos, orações, palestras, peregrinações, retiros, casas de caridade e toda informação idônea e completa no

Site Oficial geral em inglês e em 26 idiomas  www.tlig.org 

em idioma português o Site Oficial é www.tlig.org/pg.html

 

 

Quando noto que a página se desorganizou, conserto...

O Perdão é Essencial

 

O Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo não é uma ideologia: é uma transformação espiritual do coração humano por meio do acolhimento livre da graça divina.

Por isso não adianta tomar o Evangelho como uma "receita de bolo", como uma ideologia comunista, ou qualquer ideologia que possa ser associada ilegitimamente.

O Evangelho não é para ser imposto mas proposto.

Se no íntimo do ser humano não ocorre a transformação do coração, não acontece a verdadeira Paz de Cristo, não acontece o milagre da conversão da alma.

Não é somente uma questão de "mudança"de pensamento mas é também e principalmente uma"transformação" plena espiritual por meio do acolhimento livre da graça, que então transfigura o ser humano. Essa transfiguração espiritual operada somente por Deus por meio do Espírito Santo atinge todo o ser e se dá pela adesão plena ao Evangelho de Jesus Cristo, pelos méritos de Sua Paixão, Morte de Cruz e Ressurreição.

Se essa transfiguração não ocorre, mais dia menos dia toda aparência de adesão revela sua falsidade .

O Evangelho de Cristo não pode ser acolhido em parte ao sabor de preferências porque é um todo integrado e indissociável, tem uma coerência interna que faz com que suas partes exijam o todo e o todo as suas partes. Explico essa coerência interna com o seguinte exemplo: se alguém diz que acredita que Jesus Cristo é o Filho de Deus mas nega a Virgindade Perpétua de Sua Santíssima Mãe, nessa negação implicitamente nega que Jesus Cristo é o Filho de Deus posto que nega o mistério ontológico indissociável de Sua Concepção e Nascimento sobrenatural. A Virgindade espiritual e física de Maria Santíssima é garantida pela Divindade e Méritos Infinitos de Jesus Cristo e Sua Encarnação Salvífica. O Filho e a Mãe são os novos Adão e Eva da nova Criação. Logo neste exemplo que não se esgota no que acabo de citar, se percebe que os elementos tem uma interdependência que os relaciona de modo que não se pode afirmar um excluindo o outro. Certa vez em sala de aula no curso de Teologia um colega de confissão luterana pediu licença para fazer-me uma pergunta e então disse "Isabel o que me dirias se eu te dissesse que a Virgem Maria teve outros filhos?" e eu respondi como um relâmpago que se precipitou em meu pensamento "Isso não faz sentido no todo da Revelação."...e com essa resposta fulminante se fez um silêncio total na sala de aula, nem sequer o professor comentou-a...considero que o Espirito Santo me deu a resposta precisa: para conhecer o significado da Revelação e de suas partes é preciso sempre considerar o todo e não separar os elementos conforme alguma discriminação por razões alheias a essa condição de interdependência das partes e do todo.

A exegese histórica protestante rompe essa coesão entre o todo e as partes, por exemplo, de modo que a visão do "Jesus histórico" é uma falsa visão porque exclui o todo da compreensão de que indissociavelmente Jesus Cristo é histórico e ao mesmo tempo é sobrenatural. Não se pode compreender o todo retirando uma de suas partes e não se pode compreender uma de suas partes separada do todo.

Por quê se divide tanto o cristianismo? Pela perda da visão do todo e sua coerência interna de modo que não se pode dividir o que é ontologicamente uma unidade indivisível como é a própria Trindade Santíssima analogamente: um só Deus em Três Pessoas inseparáveis e em perfeita concordância e interdependência entre si.

Assim sendo o Evangelho de Jesus Cristo é um todo que não permite acreditar na divindade de Jesus Cristo sem a Virgindade Perpétua de Maria Sua Mãe e não permite acreditar em Jesus Cristo apenas como um Profeta sem negar a Ressurreição que NÃO é reencarnação (a doutrina falsa da reencarnação prega que a alma retorna mas a outro corpo e Jesus Cristo retornou ao MESMO corpo...).

O que arrasta as pessoas ao êrro através de palavras é que as pessoas são despreparadas cognitivamente para perceber que tudo exige uma coerência em relação a um todo proposto como tudo que acabamos de explicar.

A este despreparo cognitivo se aliam diversos elementos perversos da natural fraqueza humana, e é desse modo que o inimigo da salvação das almas consegue agir com mil ardis enganadores, e vemos o que se passa no mundo histórico e espiritual da humanidade hoje em dia mais que nunca numa grande confusão que leva ao abismo da destruição material e condenação eterna.

O perdão é parte indissociável da verdadeira fé em Jesus Cristo de modo que nos diz Deus que com a medida que medimos seremos medidos, se não perdoarmos, não seremos perdoados também por Deus.

Para perdoar é preciso amar como Deus ama e isso só é possível pela graça que nos infunde esse amor, por isso se não nos abrimos à conversão para receber a infusão do amor de Deus que nos transfigura, não conseguiremos perdoar...e assim uma coisa implica a outra, uma não vai sem a outra...a misericórdia não existe sem justiça e a justiça não existe sem a misericórdia e ambas não existem sem o amor de Deus...e assim como disse tudo está interligado no todo do Evangelho e a correta compreensão do Evangelho é garantida pelo todo da Revelação: Antigo e Novo Testamento.

É a primeira vez que digo tudo isso de modo explícito! Pode precisar de retoques conforme se vá relendo com tempo.

Se alguém quiser comentar mande um e-mail a mim maria@tecnosulrs.com.br

 

O perdão mais difícil de se dar é ao inimigo, por isso nesta página focalizo esse contexto

Nesta página não se pense ao ler que privilegio perdoar aos que praticam crime como se tivesse intenção de tratar bem aos bandidos e assim ultrajar as vítimas. Não, nada disso. É o próprio Deus que dá exemplo numa situação-limite forte para fazer-nos sentir a profundidade do amor divino que é misericórdia e justiça e que devemos imitar.

Justamente ao perdão mais difícil  é aí onde temos de chegar...sem perdão não há salvação. Somos todos pecadores necessitados de perdão e vitimamos uns aos outros, de modo mais grave ou menos grave estamos todos enredados por pecados no dia a dia. Pense nisso sinceramente.

Só Deus é santo e bom. 

Temos de conseguir perdoar unidos a Deus para que Ele seja tudo em nós e assim consigamos realizar o impossível: perdoar plenamente a todos, o que é amar em verdade e espírito. É a estratégia da paz.

Israel pedia uma paz histórica, baseada na força bruta e na prepotência e exclusão.

Deus lhes ofereceu muito mais do que poderiam alguma vez pedir e entender de imediato... uma paz muito mais forte e poderosa vinda pela transformação e transfiguração do coração humano de modo espiritual o que deixou-os surpresos e admirados, e aos seguidores de Satanás deixou raivosos a ponto de matá-lo na Cruz.

Até hoje a Sinagoga de Satanás continua perseguindo de morte a Cristo e aos cristãos, especialmente aos católicos...

Até quando Senhor?

Até o Fim dos Tempos em que já estamos...

Esta imagem do filme "Jesus de Nazaré" (do diretor Franco Zeffirelli) é a meu ver a melhor estampa do gesto de reconciliação que Jesus Cristo terá querido mostrar como o modo de fazer a paz verdadeira entre os povos.

 

O que Israel queria era uma libertação que pensava ser possível apenas na história com o Messias sendo um rei rico materialmente e com poderoso exército... mas não, Jesus era sim o Messias, Rei esperado mas seu exército e suas armas eram as Virtudes, Sabedoria amorosa, misericordiosa expressada nesse singular gesto de caridade e perdão, para que funcionasse como "fermento para levedar a massa toda" e por esse modo de agir é que acabariam as disputas e guerras.

 

A expansão do Reino de Deus deveria dar-se também pela conversão dos romanos que se convertendo fariam a paz tão almejada.

Mas como sabemos a Paz de Cristo foi rejeitada naquele tempo e até hoje é continua sendo...e também por isso Jesus Cristo foi crucificado.

 

Considero esse um dos mais importantes exemplos de Cristo sobre qual é a "Paz de Cristo": reconciliação com Deus e entre os homens e consequentemente entre os povos. Uma solução evidente, que corta o mal pela de raiz

 

 

"Javé, se levas em conta as culpas, quem poderá resistir?

Mas de ti vem o perdão, e assim infundes respeito."

Salmo 130

 

Deus não nos trata como merecemos mas segundo o seu amor justo e misericordioso.

Mas ninguém pense errado, a severidade de Deus é tão grande como a sua misericórdia, ao contemplar a Cruz entendemos isto que é muito importante entender. Deus perdoou até a Crucificação.

Mas exige o mesmo de nós entre nós. A ciência da Cruz de Cristo mostra até onde devemos perdoar, quanto temos de perdoar.

A Cruz de Cristo mostra o Caminho, a Verdade e a Vida.

Se não crucificamos o ódio, a revolta, a rebeldia em nós mesmos, como vencer o mal ?

A reciprocidade de agressão leva à destruição de todos e de tudo. como bem o vemos...

O perdão em Cristo e com Cristo é o freio da guerra e de todo mal.

O perdão de Cristo não é sem exigências recíprocas, mas é segundo as leis do amor divino. É um perdão com brandura e justiça, respeitando o livre arbítrio de cada um.

Deus respeita a liberdade do ser humano para escolher livremente.

O livre arbítrio ou liberdade de escolha é justamente uma das evidências de que existe o Inferno. Se não para onde vão as almas que não querem estar com Deus?

Em "A Verdadeira Vida em Deus", o Senhor revela que não manda ninguém para o Inferno, a alma vai porque quer:

 

Mensagem de 01/04/1989

http://www.tlig.org/pgmsg/pgm396.html

(...)

- Senhor, tenho compaixão das almas que vão para o inferno. Ao fim e ao cabo, eram semelhantes a nós; como nós, na terra. Se houvesse uma forma de as tirar do inferno e de as mudar...

- Eu concedi-lhes a liberdade de escolher entre o bem e o mal e eles preferiram o mal, apesar das Minhas súplicas e dos Meus apelos de amor.

- Mas, Senhor, por que não poderia haver ainda uma possibilidade?


- Minha filha, tu não compreendes que elas Me rejeitam completamente. Amei-as até ao último limite. Guiadas por Satanás, preferiram segui-lo. Até mesmo depois da sua morte Me revelei a elas; mas elas, voluntariamente, seguiram Satanás, sem a mais pequenina hesitação. Trata-se de uma escolha inteiramente sua; elas escolheram o inferno para sempre.

- Oh! Senhor! Fazei que eu faça sempre a Vossa Vontade.

- Vassula, não deixes nunca a Minha Mão. Nós, por toda a eternidade.

Toda a gota de amor será utilizada; preciso de amor, para salvar almas que se encontram no caminho da perdição. Vem.

 

 

Aqui se ilustra as situações de maior conflito e dificuldade de perdoar não para fazer ostentação mas justamente para dar idéia do perdão de Deus que não exclui nenhum tipo de pecador.

No dia a dia quantas vezes ocorrem situações de conflitos em que se criam feridas e ressentimentos, raivas e desejos de vingança...é inevitável a dor e a raiva que o mundo em geral nos faz sentir em maior ou menor grau. Pois é nesse dia a dia que temos de por em prática o perdão de Deus sem fronteiras, sem favoritismos, sem reservas...

Como é difícil perdoar como Deus perdoa. Mas temos de praticar esse perdão se não por puro amor então por não querer perder o perdão de Deus para nós mesmos...Ainda que seja por interesse é válido o perdão que de nossa parte é dado fazendo cessar a onda de consequências nefastas que o ressentimento faz brotar em série...SE NÃO PERDOARMOS NÃO SEREMOS PERDOADOS!

Então esforcemo-nos ao máximo para perdoar de fato a todos antes que sejamos chamados à presença de Deus para então dar contas de tudo, sem escapatória. Já pensou?

Eu ando pensando muito na hora da minha morte e do meu encontro definitivo com Deus. Tremo ao pensar que ainda não estou bem preparada. É claro que ninguém sabe como Deus julga pois Ele sabe de tudo sem que nada escape ao Seu Divino Conhecimento, não há como saber o resultado. Mas alguns itens genéricos são informados como por exemplo a questão do perdão e que seremos julgados pela medida de nosso amor neste mundo. Pela medida que medirdes, sereis medidos, Mateus 7,2.

Sem perdão não há ainda verdadeiro amor, nem "Paz de Cristo" nem a realização da "Vontade do Pai". Precisamos refletir seriamente sobre isso e esforçar-nos para perdoar do fundo do coração.Estou tentando isso ultimamente e não está nada fácil.

O perdão é a verdadeira origem da paz. Quando Jesus Cristo curou o servo do Centurião romano estava sinalizando o começo da pacificação que pretendia começar, era essa sua arma: o perdão que é o máximo atributo do amor e fonte de misericórdia e justiça porque só Deus é bom e sem pecado. Mas não foi compreendido e antes interpretado como um traidor a serviço dos romanos ou foi compreendido muito bem mas os filhos da perdição inimigos da salvação das almas manipularam a situação alardeando que Jesus era um traidor (como sempre a mentira manipulando e confundindo)...e assim foi sendo preparada a sua crucificação...

Jesus curando o servo do centurião é um dos milagres de Jesus, citado em Mateus 8:5-13 e em Lucas 7:1-10.

Perdoar aos inimigos, eis um grande desafio, eis a absoluta integridade do Evangelho;

Evangelho segundo S. Mateus 6,7-15.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Quando orardes, não digais muitas palavras, como os pagãos, porque pensam que serão atendidos por falarem muito.
Não sejais como eles, porque o vosso Pai bem sabe do que precisais, antes de vós Lho pedirdes.
Orai assim: ‘Pai nosso, que estais nos Céus, santificado seja o vosso nome;
venha a nós o vosso reino; seja feita a vossa vontade assim na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje;
perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido;
e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal’.
Porque se perdoardes aos homens as suas faltas, também o vosso Pai celeste vos perdoará.
Mas se não perdoardes aos homens, também o vosso Pai não vos perdoará as vossas faltas». 

Se pregado na Cruz, Jesus Cristo não houvesse perdoado a todos inclusive aos seus carrascos e perdoado de coração, não
teria ressuscitado por nós e não teria acontecido a Salvação, não teria anulado o pecado do primeiro Adão, a porta do paraíso teria continuado fechada e não teríamos nenhuma esperança de ir para o Céu algum dia...
Portanto perdoai porque se não perdoardes, não sereis perdoados...
Na oração do Pai-Nosso ao rezarmos "perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido" estamos já assumindo que se não perdoarmos não seremos perdoados, isso é fato e depois não vamos dizer que ninguém avisou...

MENSAGEM PARA TODOS OS PRISIONEIROS DO MUNDO

6 de Maio de 1992

www.tlig.org/html 

 


"Construiu-me um muro ao meu redor, 
para que não mais pudesse sair; 
Tornou pesadas as minhas cadeias" 
(Lam 3, 7)

Contudo, vem com misericórdia à sua cela para os nutrir. 

(Mensagem para todos os prisioneiros do mundo) 

- A Paz esteja convosco. Sou Eu, o Senhor, vosso Redentor. Não vos admireis. É o Meu Espírito Santo, que habita em todos os corações, a falar-vos. O Amor que vos trago está acima de toda a compreensão humana e só sereis capazes de compreendê-Lo, em toda a Sua plenitude, no Céu. Nestes dias de trevas, desço do Meu Trono Celeste até vós, para vos permitir que saibais, tanto aquilo que acontece, como aquilo que Eu Mesmo estou para fazer. Venho para vos tranqüilizar a todos com a Minha Promessa; Meus meninos, venho para vos tranqüilizar com o Meu Amor e com a Fidelidade que Eu Mesmo vos tenho. O Meu Regresso é iminente. Solenemente vos digo: Todo aquele que guarda a Minha Palavra, jamais verá a morte. E tu que hesitas, não duvides por mais tempo, mas acredita. 

Se ainda não conseguistes compreender os ensinamentos da Escritura, que o teu coração se não perturbe com eles; vem hoje a desabafar Comigo, coração a Coração. Qual o pai que poderia ouvir os gemidos de seu filho, sem que todas as fibras de seu coração se despedaçassem? Eu sou o vosso Pai Eterno, Aquele que vos ama com um Eterno Amor; e, tal como um pai convida os seus filhos a compartilhar e a herdar a sua propriedade, assim também Eu vos chamo, para que sejais os herdeiros do Meu Reino. Ah! Possam estas Minhas Palavras estampar-Se no vosso coração e ser por vós assimiladas!... 

Meus filhinhos, ouvistes-Me dizer: Eu vou-Me, mas depressa estarei certamente convosco. Em verdade vos digo: Eu estou incessantemente convosco. Disse que, na Casa de Meu Pai, há muitas moradas. Cada um de vós tem uma morada. Dai às vossas almas a paz e o repouso, quando ocupardes essa morada: ocupai-a, fazendo as Pazes Comigo. 

Hoje, Satanás vomita, por sobre a terra, todo o seu ódio. Na sua raiva, abate e perturba inteiras regiões, destrói e provoca desastres sobre desastres; mas, com grande poder, a Minha Mão reconstruirá tudo quanto ele demoliu. Tudo quanto Eu Mesmo escrevi no Meu Hino de Amor por vós é apenas um apelo da Minha Palavra; é para refrescar a vossa memória e para dizer-vos, com o Coração na Mão, que tenho sede, pela falta de amor. Não tenho ressentimento algum por ninguém. Todos vós sois a Minha semente e Eu sou o vosso Pai Eterno e vosso Companheiro. 

Conheço perfeitamente aquilo que sentis no vosso espírito; mas não estou aqui para vos acusar dos vossos atos; hoje, estou aqui para vos mostrar como tem sido maltratada a Misericórdia e a Ternura. Tenho sempre, no Meu Coração, o ferro da Lança e uma Coroa de Espinhos cinge a Minha Cabeça. À vista de tudo isto, as colunas dos Céus tremem e todos os Meus Anjos, em agonia, cobrem o seu rosto. Até a lua perde o seu resplendor; o vosso Deus é recrucificado, hora a hora, pela agressividade e iniquidade dos homens. Para redimir-vos, foi traçado um Caminho com o Meu Próprio Sangue e, se os vossos pés se afastaram deste Caminho de Retidão, Eu vo-lo digo, agora vim até vós para vos tomar pela mão e para guiar os vossos passos neste Reto Caminho. 

Oferecei-Me a vossa vontade; abandonai-vos a Mim e permiti-Me que abata os muros que vós mesmos construístes, ao longo deste Meu Caminho e que nos impedem, tanto a vós como a Mim Próprio, de encontrar-nos. 

Meus amiguinhos, o vosso Santíssimo tem ainda muitas coisas para vos dizer; mas isso seria agora demasiado para vós. Acrescentarei ainda, solenemente, uma coisa: Se Eu vim ter convosco, à vossa cela, foi pelo amor imenso que vos tenho. Chamai-Me, e Eu ouvir-vos-ei. Abençôo-vos, deixando um Suspiro do Meu Amor sobre as vossas frontes. 



 

  

 

MENSAGEM PARA OS PRESOS DA PENITENCIÁRIA
DE MUNTINLUPA, MANILA, FILIPINAS

5.12.1991 

www.tlig.org/html 


Mais tarde. Mensagem para os presos da penitenciária de Muntinlupa, nos arredores deManila: 

- Vassula, Paz, Minha filha. Diz aos presos: 

Não sabíeis? Não tínheis nunca ouvido dizer que a Misericórdia Se está inclinando sobre toda a humanidade? Eis o vosso Deus que Se inclina do Seu Trono, para vos alcançar. 

Eu vim até vós, 

para vos revelar o Grande Amor que tenho por cada um de vós. Eu sou o vosso Deus, que fala através do Meu Instrumento, para vos dar a Minha Mensagem. Meus amigos, vim para falar ao vosso coração e vos consolar. Eu digo-vos que o mundo não é nada, diante de Mim; por conseguinte, não tenhais medo do mundo; vinde a Mim e inclinai-vos para Mim e Eu serei o vosso Pastor para vos conduzir às Minhas Águas Eternas; Eu curarei as vossas chagas e medicá-las-ei. Os Meus Olhos jamais vos deixam e Eu digo-vos que, Comigo, a vossa mesa será sempre farta. Meus amigos, vós ceareis Comigo. E, quando o chicote cair em cima de vós, não vos deixeis perturbar, Meus bem-amados. Todas as vezes que cair sobre vós, olhai para as Minhas Chagas, que vos curaram e salvaram da morte. Olhai para Mim, vosso Salvador; não olheis, nem para a direita nem para a esquerda: segui as Pegadas dos Meus Passos. Reconhecê-Las-eis, pelos rastos de Sangue que n'Elas se encontram. Segui-As, Meus bem-amados: Elas conduzir-vos-ão onde Eu estou. Abençôo cada um de vós, deixando o Suspiro do Meu Amor na vossa fronte. O Amor ama-vos. 



Mensagem para a Irmã Teresa, que se ocupa dos presos em Muntinlupa e faz deles verdadeiros seres devotos de Deus: 


- Eu dei-lhes uma Rocha, e ah!... como amo essa Rocha; Eu, o Senhor, abençôo-a; abençôo-a, uma vez que, de um deserto, onde se aninham serpentes, ela fez um solo produtivo, 

um jardim, onde Eu, o Senhor, 
posso repousar. 

 

  

 

MENSAGEM PARA OS PRISIONEIROS

13.10.1991 

www.tlig.org/html 


- Vassula, pedi ao Pai por ti. Sou Eu, Jesus. Concentra-te naquilo que te foi dado. Agora, escreve 1 

A Paz esteja convosco. Ouvi-vos chamar-Me "Pai!", 

Eu estou aqui. 

Desejais regressar? Eu não mais vos desaprovarei, porque sou Misericórdia Infinita. Não pronunciarei qualquer condenação a vosso respeito. Eu procuro o vosso coração. Eu sinto necessidade de amor, estou sedento de amor; os Meus Lábios estão ressequidos pela falta de amor. Decidi não olhar para o vosso passado, mas apenas para o presente. A Rainha do Céu 2 está a Meu Lado e, entre todas as mulheres, Ela é Aquela que, com perseverança, tem rezado sempre por vós, mais que todos os Principados, as Dominações, os Tronos, as Potestades, os Anjos, e mais que qualquer outra criatura. Acolhei-A, pois, nas vossas orações, honrai-A como Eu Próprio A honro. Todos vós estais batizados em Mim e não deveria haver distinção alguma entre irmãos. 

Só que compreendêsseis aquilo que Eu hoje vos ofereço, não hesitaríeis em oferecer-Me o vosso coração e o vosso abandono. Regressai a Mim e não tenhais medo; Aquele que hoje vos fala é o vosso Santo Companheiro, Aquele que mais vos ama. Acreditai no Meu Amor, considerai e meditai na Minha Paixão. 
Oferecei-Me o vosso coração e Eu transformá-lo-ei num jardim dos mais delicados perfumes, onde Eu, vosso Rei, poderei ter o Meu Repouso; deixai-Me fazer dele a Minha Propriedade e vós vivereis. 

Não aparteis o vosso coração de Mim, não Me tenhais à distância; falai-Me livremente, que Eu ouço. Convido-vos, a todos, a meditar nestas palavras: 

reparai o mal com o amor, 
imitai-Me, 

e lembrai-vos de que Eu estou sempre convosco; nunca mais vos esqueçais disto. 

Abençôo cada um de vós, deixando o Suspiro do Meu Amor na vossa fronte. 




Jesus Cristo, Filho Bem-amado de Deus e Salvador. 


1 mensagem para os prisioneiros de "Strangeways Prison", Inglaterra
2 a Santíssima Virgem

 

  

 

EU, DEUS, ESTOU CONVOSCO

8.7.1991 

www.tlig.org/html 


Mensagem para os prisioneiros da penitenciária de Kansas City, Estados Unidos, onde Jesus me enviou para testemunho, no dia 15 de Junho: 

- Eis que Eu, Jesus de Nazaré, desço, para vos falar através deste bem frágil instrumento. 

E Eu digo-vos: O mundo não conheceu ainda plenamente a Paz que Eu Próprio vos deixei, porque o mundo recusou as Minhas Vias de Retidão. 

Disse que teríeis muitas dificuldades, no mundo, mas não estais sós, NUNCA. Eu estou convosco, em cada minuto da vossa vida. Bem-amados da Minha alma, Eu estou mais presente, que nunca. 

Hoje, envio-vos, até à própria soleira da vossa porta, este Meu instrumento. Não foi ela que escolheu ou decidiu vir ter convosco, não: fui Eu que decidi enviar-vo-la. E, por conseguinte, tudo aquilo que ela vos ler serei Eu Mesmo a dizer-vo-lo: Meus filhinhos, o Meu Regresso está iminente: Eu voltarei a vós. O Amor regressará como Amor. Digo-vos estas coisas, agora, antes que aconteçam, a fim de que, quando verificardes a vericidade das Minhas Palavras, vós acrediteis. 

Vinde a Mim, tais como sois; não espereis ser santos, para lançar-vos nos Braços do vosso Salvador; vinde a Mim, como sois, e Eu vos perdoarei os vossos pecados, que aprisionam a vossa alma. 

Ah! Criação! A Misericórdia inclina-Se para vós. Vinde a Mim; não tenhais medo de Mim; um homem não pode ter maior amor do que dar a sua vida pelos seus amigos; e vós sois os Meus amigos. 

Não digais: "Que posso eu dizer? Como devo falar? Chamo, de manhã até à noite, até de manhã e ninguém ouve as minhas súplicas. Quem me poderá ouvir?"
; porque, Eu Mesmo te digo: Eu, o Deus Vivo, ouvi-te. Sou Eu que venho ao teu aposento, com o Coração nas Mãos, para te dizer: amo-te, Meu filho, e trago-te as Minhas bençãos, para que possam florescer no teu coração. Meu filho, toma o Meu Sagrado Coração. É todo teu. Toma este Coração, que te ama. Não O recuses. Eu sou Aquele que mais te ama. 

Meu filho, quando vires pegadas de passos que não são as Minhas, não coloques lá os teus pés, porque te conduziriam apenas à morte. Meu filho, as Pegadas dos Meus Pés mostram que Eu ando de pés descalços; Elas estão manchadas pelo Meu Sangue e perfumadas de mirra. 

Meu filho, as Cinco Chagas do Meu Corpo estão de novo abertas e o Meu Manto está ensopado de Sangue. Estou vestido de saco e de trapos por causa das iniquidades e dos pecados desta geração; os Meus Lábios estão mais secos que o pergaminho, pela falta de amor. Não há amor; e esta é a razão pela qual esta geração acumula traições sobre traições e Me volta, sem descanso, a colocar na Cruz, para Me recrucificar. 

És tu, aquele a quem o Meu Coração procura; és tu que podes consolar-Me, bem-amado; e é por ti que o Meu Coração grita, para te alcançar. Vem, que Eu, Jesus, te porei às Minhas Costas e te levarei para Minha Casa, que é também a tua Casa. 

Dá-Me a tua amizade, trata-Me como um amigo e Eu serei o teu Santo Companheiro, todos os dias da tua vida. Eu, o Senhor, não privarei ninguém da Minha Misericórdia, nem das Minhas Graças. 

Abençôo-vos a todos, do mais profundo do Meu Sagrado Coração. Eu, Deus, estou convosco. 



 

  

 

Video de uma visita de Vassula à prisão de segurança em USA

 https://www.youtube.com/watch?v=p8LwHvotOns

 

Vassula Rydén, LA North County Correctional Facility 1993

O Amor é tudo.
O amor jamais passará.
Deus é Amor.